Gota de Reflexão

  • Qual a diferença entre o pensamento Grego de Aristóteles e o pensamento do alemão Kant frente a felicidade?

    R: Total diferença, Aristóteles prega que a felicidade do homem esta no pleno desabrochar de suas inquinações, desejos, tesões e talentos.

    Já Kant, diz que a felicidade do homem esta relacionada a possibilidade dele racionalizar e dizer não a sua própria vontade ou inclinação.
    Resumindo, sou livre quando ando na contramão do meu desejo.

  • Como você lida com seus sentidos?

    Na experiência dos sentidos, como por exemplo, você pode ver diferentes tipos de galinhas o que é conferido pelos sentidos.
    O que é compreendido pela razão é que toda galinha sempre será uma galinha devido a sua galinicidade.

    Resumindo, a duas formas de enxergar o mundo: Ou pelos sentidos ou pela razão.

    E como podemos agregar valor a galinha?
    Somente de uma forma, quanto mais parecida essa galinha for com o sentido de galinha que você tem, mais galinha ela será!
    Os sentidos sempre atuam como forma de comparação.
    Este sentido é obtido através do senso comum, quando uma pessoa questiona o senso comum através da razão logo vem outra contra argumentação pois são homens que vivem em mundos diferentes.

    O mundo dos sentidos e o mundo da razão.

  • Shopenhauer disse:
    Mulheres muito atraentes e homens muito inteligentes estão destinados a ter uma vida mais isolada, caso seja acometido pelos dois adjetivos, mais isolados ainda.
    Seres humanos ficam desconfortáveis em conviver com pessoas superiores, por isso esses dois tipos raramente têm amigos íntimos do mesmo sexo.
    Quer dizer que para ser popular a pessoa precisa ser burra e feia?
    Exatamente, uma pessoa sensata não busca popularidade, pois ela não mostra o que é verdadeiro e bom, pelo contrario a popularidade nos nivela por baixo.
    Melhores são os que buscam dentro de si valores e metas, como desejar o menos possível e saber o máximo possível.

  • Quando um homem deixa de se incomodar totalmente com a opinião alheia?
    Somente quando ele consegue achar a felicidade através da solidão!
    Grandes homens como Nietzsche, Kant e Shopenhauer acreditavam que o Homem com riqueza interior, só quer do exterior a dádiva do lazer despreocupado.
    Estar satisfeito, precisar pouco dos outros, não querer a companhia de outrem não é muito solitário e um desprazer?
    Pelo contrário, no passado quando eu queria a companhia, pedia , eles não podiam dar ou mesmo não tinham para dar, ai sim eu vi o que era a solidão.
    Não precisar de ninguém é nunca estar só! Busco minha abençoada solidão!
    Isso deve fazer com que as pessoas tenham uma opinião desumana a seu respeito concorda?
    A opinião de outrem não pode alterar a opinião que tenho de mim mesmo.
    Desumano mesmo era quando eu deixava que minha autoestima flutuasse como uma cortiça de acordo com o que os outros achem de mim.
    Finalizo com uma frase de Nietzsche:

    “Detesto quem me rouba a solidão e não oferece companhia”

  • O sexo é sempre bom?

    Não, pode ser bom como pode ser muito ruim.

    Como ele pode ser ruim?

    Todos os dias o sexo destrói as relações mais valiosas. Na verdade, ele tem o poder de tirar o escrúpulo dos que antes eram honrados e corretos.

    O sexo é o mais forte e mais ativo de todos os motivos... A meta final de quase todos os esforços humanos... Interrompe a toda hora as ocupações mais sérias e as vezes desorienta as mentes mais brilhantes.

CARREGAR MAIS
CARREGANDO...